Nosso Blog

Qualidade Acústica nas Residências

O conforto acústico em áreas residenciais é determinante na qualidade de vida de cada indivíduo. Vivemos em uma época em que é comum as pessoas trabalharem em casa. O momento peculiar da saúde no mundo readaptou o dia a dia dos trabalhadores às circunstâncias impostas, e com isso, o tempo que cada pessoa passa em casa acabou aumentando significativamente.

Somos constantemente influenciados pelas características acústicas dos nossos imóveis: seja na qualidade do sono, dos nossos diálogos, na inteligibilidade para uma conversa e até mesmo na nossa privacidade.

O critério de desempenho acústico é normatizado pela NBR15757 e NBR 10151. Os critérios são caracterizados como “mínimo”, “intermediário” e “superior”. Atender aos critérios das normas valoriza significativamente o valor de um imóvel.

No ambiente residencial, temos que considerar o ruído de impacto, que pode ser exemplificado por um salto alto no andar logo acima, ruído aéreo, que é o som que passa pelas superfícies por meio de transmissão sonora e pelas frestas nas janelas, portas e qualquer espaço não preenchido devidamente.

O tratamento acústico apropriado exige predicação dos valores de transmissão sonora e cálculos envolvendo a transmissão por via mecânica. Para isso, são necessárias técnicas de desacoplamento mecânico e uma consultoria especializada para escolha dos materiais corretos em cada ambiente. Um ambiente silencioso proporciona melhor concentração para quem trabalha, melhor descanso para quem teve um dia agitado, momentos de descontração e regozijo para quem quer aproveitar o âmbito familiar com harmonia e privacidade.

Tiago Mattos – @tiagofmattos
Mestre na área de Acústica – UNICAMP
Senior Engineer na Brooks Acoustics – Florida/ USA
www.brooksacoustics.com

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin